Demolidor: Moral, violência e justiça.

Uma das criticas mais fortes que é usada contra os filmes da Marvel é o clima que ela dá para todos os seus filmes. Muitos se sentem incomodados com a forma que a produtora lida com seus filmes, mas isso não será um problema para quem for assistir Demolidor. Na verdade a série tem um público bem diferente. Em Deadpool vimos que a violência leva o filme a atingir um publico adulto, apesar de muitos adolescentes e crianças terem assisto ao filme. Porém, Demolidor não segue as piadas de Deadpool, ele é um personagem sombrio que  carrega uma cruz muito grande nas costas. Isso implica a série perder uma porcentagem do público que espera uma série divertida só com ação, ao exemplo de Agentes of S.H.I.E.L.D. O que não atrapalhará no desenvolvimento das séries da Netflix, ela tende a agregar um público mais adulto que já está acostumado com o estilo de seriados sombrios, violentos e complexos.

A primeira temporada de Demolidor deu inicio ao universo da Marvel dentro da Netflix. Foi uma das séries de super-heróis mais elogiadas, e a segunda mantém esse nível e consegue superar. Nessa analise eu pretendo falar a evolução de cada personagem da série, então está recheada de spoilers.

O Demolidortumblr_o49tisPDWP1ubdknyo3_1280.jpg

 

O Demolidor nesta temporada se tornou definitivamente o defensor. Em um dialogo, já nos últimos episódios, ele revela para Elektra que não sabe mais viver sem sua identidade e que gosta de ser o Demolidor. Isso é muito importante para o futuro da saga e os próximos projetos da Netflix, e vai sendo moldado ao longo da temporada. No começo da temporada o Demônio de Hell’s Kitchen tem um confronto com o Justiceiro sobre a sua moral. Enquanto um mata os bandidos e coloca um fim definitivo, o outro apenas os deixam machucados param poderem ter uma segunda chance de pararem com a criminalidade. O Demolidor tem que defender a sua moralidade com todas as suas forças, para não se perder na ideologia do Justiceiro. Ao decorrer da série ele entende que isso é necessário, mas que não há necessidade dele matar. Para que Os Defensores se torne realidade, ele precisa estar preparado para aceitar isso e manter o grupo unido. Se haver um líder do grupo, esse deverá ser o Demolidor.

Matt Murdock acaba não conseguindo conciliar a vida de defensor com a de advogado. Preocupado em ajudar a Elektra, acaba deixando Froggy e Karen sozinhos no julgamento do Justiceiro. Com a relação dos três abalada e a perca do julgamento, o escritórios dos advogados chega ao seu fim. Matt chega a sentir arrependimento, mas não faz nada para tentar mudar o que aconteceu. Ele decididamente resolveu ser somente o Demolidor.Isso não quer dizer que no futuro não veremos ele usando a sua licencia de advogado para também combater o crime.

tumblr_o48ps7wA8H1s9c6nao3_540.png

 

Karen Page

Com toda a atenção que  ela está ganhando na série dificilmente ela seguirá o destino da sua personagem nos quadrinhos que se envolveu com drogas e prostituição, mas pode ter o grande papel ainda na famosa história “A Queda de Murdock”. Karen esteve presente em quase todas as situações e reviravoltas da série (e isso chega a ser chato em certos momentos, quase uma Lois Lane se intrometendo em tudo e complicando mais ainda a situação). O envolvimento de Karen no caso de Frank Castle no começo é bom, pois mostra mais sobre a vida e o passado do personagem. Depois de um tempo deixa de ser algo investigativo e passa até ser um interesse amoroso para ela. Apesar de toda a ação que acontece envolta da personagem, em momentos isso não sustenta o plot de Karen. Entendo que a série não quis deixar ela de lado, mas o exagero de como ela estava presente em tantos acontecimentos importantes chega a ser forçado. Foi quase as donzelas que precisam ser salvas por se meterem aonde não são chamadas.

tumblr_o4a9rw8tid1qgapqso1_540

Foggy Nelson

Depois do fim da sociedade dos advogados, Nelson começa a entrar em um rumo importante para o futuro das outras séries. Ele pode começar a defender os defensores judicialmente, fato que está ligado ao futuro da Marvel nos cinemas e já explicarei. Possivelmente podemos ver o personagem fazendo aparições nas outras séries, agora que ele está ‘livre’. A sua amizade com Matt não acaba, mas fica muito abalada depois de tudo o que aconteceu. A unica coisa que os manteve juntos é o fato dele saber a identidade de Matt e entender, de certa forma, tudo o que ele estava passando.

Demolidor.png

 

Frank Castle

O Justiceiro que merecíamos. Violento, frio, disciplinado e calculista são uma das poucas palavras pra definir o personagem. Ele é o ponto forte da segunda temporada e trás o caos para Hell’s Kitchen em busca de vingança. A melhor cena de Frank para mim é dentro da prisão, lutando contra os prisioneiros e depois com o Rei do Crime.É brutal e empolgante, a série superou toda a ação da primeira temporada com muita facilidade. Podemos esperar uma série do Justiceiro com violência e muita ação.

tumblr_o49j1wD01Q1tl240oo3_540.png

 

Elektra

No começo da aparição da personagem, o telespectador pode não se animar muito e chegar a ficar entediado. Mas é muito importante os primeiros momentos para entender a relação dela com Matt Murdock e como isso pode ser destrutiva para ambos. Todo a história da grande ameaça da série gira em torno da personagem, que se torna o centro das atenções no episódios finais. Por diversas vezes essa grande ameaça se perde na série, tem muita coisa acontecendo e ela não foi bem desenvolvida.

Elektra não deixa a desejar em termos de adaptação dos quadrinhos. As mudanças na personagem não chegam a incomodar e só acrescentam para a trama. O casal Matt Murdock e Elektra Natchios está morto, mas o Demolidor e Elektra são mais fortes e vivos. Para o defensor, Elektra é quem o entende e apoia o seu lado heroico, tudo o que ele precisava para a sua vida de defensor.

tumblr_o49sv1Xe5J1r6s7m3o4_r1_250.gif

Os detalhes da série 

Senti no julgamento de Frank Castle uma grande influencia da guerra civil que já deve estar acontecendo ou prestes a acontecer na série. Pela segunda temporada ter sido lançada um mês antes de Capitão América: Guerra Civil podemos entender que a trama do filme já está rolando e influenciando Demolidor e Jessica Jones. O plano de acabar com os justiceiros culpando-os pelos seus atos é bem idêntico com toda a ideia que inicia a guerra civil.

Apesar de mais dramática, a série manteve o seu nível de ação e trama da primeira. O foco nessa segunda temporada foi além de Hell’s Kitchen e atingiu toda a cidade de Nova York. O futuro dos Defensores parece ser promissor e nos deixará ansiosos para conferir o que vem por ai. A série Luke Cage será a próxima a ser produzida pela Netflix e tem estréia marcada para 30 de Setembro.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Demolidor: Moral, violência e justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s